Início Notícia Justiça garante voto de conselheiros nas eleições do América

Justiça garante voto de conselheiros nas eleições do América

O juiz Paulo Sérgio da Silva Lima, da 1ª Vara Cível da Comarca de Natal, publicou decisão favorável a um grupo de conselheiros que solicitava direito de voto, com tutela de urgência, para as eleições à presidência do América Futebol Clube. O pleito está agendado para a quinta-feira (26).

O clube havia divulgado uma lista com 96 conselheiros aptos a votar, no entanto, aproximadamente 10 nomes ligados não constavam no documento. O grupo faz parte da família Rocha, dos ex-presidentes Eduardo Rocha e José Vasconcelos da Rocha. A justificativa do clube é a inadimplência com as mensalidades por um período superior a 12 meses, o que poderia resultar no desligamento dos conselheiros.A decisão proferida mencionou que “a exclusão dos autores do processo eleitoral ocorreu sem a observância do contraditório e da ampla defesa”. A ação foi movida por Bernardo Serrano Rocha Pereira Gaspar, José Vasconcelos da Rocha Junior, Marcelo da Rocha Ribeiro Dantas, Maria Eduarda Barros Serrano da Rocha, Diego Mendes de Freitas, Fernanda Costa Fonseca Serrano da Rocha, Eziel Camilo Dantas e Roberto Alexandre Neves Fernandes Filho.Veja a decisão na íntegraDecisão 25.10.2023 2Justiça Potiguar