Início Site Página 773

WhatsApp libera ligações de voz a todos os smartphones Android

0

As ligações de voz via WhatsApp foram liberadas nesta terça-feira (31) para todos os usuários do aplicativo de mensagens que usam smartphone Android.
Anteriormente, para ter acesso ao recurso, era necessário baixar uma atualização manualmente do site do aplicativo, instalá-lo e aguardar que alguém com acesso ao recuso efetuasse uma ligação. Agora, basta baixar uma atualização do app hospedado na Google Play.
O update cria o ícone de telefone no canto superior da tela de exibição das mensagens do aplicativo.
Ainda exclusivo do sistema operacional Android, o recurso chegará em breve ao iOS, segundo afirmou um dos fundados do WhatsApp, Brian Acton, durante a conferência F8, do Facebook, voltada a desenvolvedores.

Dilma defende Petrobras e diz que ajuste não vai cortar programas do MEC

0

Ao dar posse hoje (6) ao novo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, a presidenta Dilma Rousseff defendeu a Petrobras e os recursos do pré-sal que vão financiar a educação e disse que as medidas do ajuste fiscal não irão atingir os programas essenciais do setor.

“Garanto às brasileiras e aos brasileiros que a necessidade imperiosa de promover ajustes na nossa economia, reduzindo despesas do governo, não afetará os programas essenciais e estruturantes do Ministério da Educação [MEC]”, disse.

Segundo Dilma, os recursos dos royalties e do Fundo Social do Pré-Sal – que, por lei, serão destinados a investimentos em saúde e educação – já são uma realidade e o modelo de partilha precisa ser defendido.

Ministério lança portal para desempregado buscar vagas pela internet

0

O Ministério do Trabalho e Emprego lançou hoje (8) o Portal Mais Emprego. A página disponibilizará as vagas existentes em todo o país no Sistema Nacional de Emprego (Sine), permitindo que trabalhadores pesquisem por ofertas e se candidatem a processos de seleção. Com a criação do portal, o ministério pretende facilitar o acesso às vagas sem que seja necessário se deslocar até uma agência.

O deslocamento até as agências e postos de empregos muitas vezes é uma dificuldade para quem está fora do mercado formal. Raiane Souza procura por uma vaga há oito meses. Além de pegar um ônibus, ela precisa caminhar até chegar à agência, no centro da capital federal. “Eu moro em São Sebastião [região administrativa do Distrito Federal a 30 quilômetros do Plano Piloto], então [o portal] já facilitaria muito.” Para ela, que procura uma vaga como vendedora, trabalhar perto de casa seria o ideal.

Simone da Silva precisou pegar dois transportes para chegar até a Agência do Trabalhador, no centro de Brasília. “Se fosse pelo computador, seria mais fácil. Aqui tudo tem que andar. Então, fica mais difícil”, disse ela.

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, destacou que, além de evitar a locomoção, osite possibilita um contato maior entre trabalhadores e empregadores. “Não tem mais que gastar para se locomover. O empregador vai ter condições de, junto com o empregado, tratar do seu contrato, condições de trabalho, o acerto que vai redundar na contratação.”

Para ter acesso ao portal, é preciso ter um cadastro. O empregador poderá escolher as vagas e selecionar o perfil da pessoa que pretende contratar, acessar currículos e se comunicar com as pessoas que se candidataram a ocupar a vaga ofertada. E o trabalhador poderá procurar opções próximas da localidade onde mora, enviar currículos e candidatar-se às vagas, além de ter acesso a outros serviços como acompanhar, por exemplo, o depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Segundo o ministério, só no ano passado, mais de 6 milhões de pessoas estavam cadastradas à procura de emprego. Foram feitos cerca de 2,2 milhões de encaminhamentos e mais de 500 mil pessoas foram colocadas no mercado pelas agências. Apesar do site, os postos continuam funcionando e as vagas ainda podem ser procuradas nas agências do trabalhador.

No lançamento do portal, o ministro Manoel Dias comentou os números divulgados hoje pelaFundação Getulio Vargas (FGV) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre mercado de trabalho. Segundo a FGV, o indicador que mostra a opinião dos consumidores sobre a situação atual do mercado, piorou 6,9% e o que antecipa o comportamento do mercado de trabalho caiu 8,6%. A CNI divulgou pesquisa revelando que o Índice de Medo do Desemprego cresceu 32,1% em março em relação a dezembro de 2014.

Dias reconheceu que o país vive um momento de dificuldade e que ajustes estão sendo feitos. Por isso, ele disse que acredita no crescimento do país, assim como na criação de vagas de emprego. Ele lembrou que os dados do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de fevereiro não mostraram aumento do desemprego.

“Eu devo anunciar agora, no decorrer da primeira quinzena deste mês, o novo Caged ,e vamos esperar que ele não seja de desemprego. Eu tenho convicção de que as medidas do governo vão permitir que, já em meados do ano, possamos restabelecer a  geração de novos postos de trabalho”, disse Dias.

O ministro também comentou o Projeto de Lei (PL) 4.330/04 que regulamenta a terceirização e está na pauta de votação da Câmara dos Deputados. Para ele, a terceirização é algo concreto e a falta de regulamentação gera insegurança jurídica.

Dias explicou que a lei visa a resolver uma questão concreta, “porque a terceirização existe”. Para ele, não regulamentar a terceirização “implica insegurança jurídica tanto para empregadores quanto para trabalhadores. O Ministério do Trabalho tem tarefas importantes, como a fiscalização, e certamente vai agir nesse sentido para que a precarização decorrente dessa lei não venha acontecer.”

Detran credencia primeiro Centro de Formação de Condutor

0

O Detran divulgou ontem, 08, comunicado informando a população sobre o credenciamento do primeiro Centro de Formação de Condutor (CFC) do Rio Grande do Norte certificado para ministrar curso de habilitação para conduzir ciclomotores. O CFC habilitado foi o Classe A, situado na Avenida Expedicionários, número 344, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na zona Norte da capital.

Os procedimentos necessários para que os centros de formação de condutores do Estado possam oferecer curso de formação aos motoristas que desejam obter a Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC) foram acertados em reunião realizada com o Ministério Público, no início deste ano, e motivada pela obrigatoriedade de posse do documento para as pessoas que trafegam pilotando motonetas.

De acordo com a subcoordenadora da Controladoria Regional de Trânsito do Detran, Márcia Marques, o primeiro passo para que o CFC seja habilitado a promover a capacitação é adquirir a motoneta que será utilizada nas instruções e registrá-la no sistema do Departamento como veículo de aprendizagem no nome do centro de formação. “Após esse tramite e o pagamento das taxas de registro e emplacamento o CFC poderá iniciar o curso com os condutores que desejam obter a ACC”, explicou.

As taxas legais cobradas para registrar a motoneta são: Emplacamento, no valor de R$ 65, caso o veículo seja financiado, a taxa sobe para R$ 95; Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), que custa R$ 292; e a placa de identificação da motoneta, que são adquiridas nas empresas credenciadas ao Detran. Já o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) não é preciso pagar, visto que os ciclomotores são isentos desse pagamento.

O cidadão que dirigir ciclomotor fora dos critérios exigidos pela legislação será autuado com multa no valor de R$ 127,69 e pode ter o veículo apreendido. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) exige que o condutor possua Autorização para Condução de Ciclomotor, a ACC, ou CNH na categoria A, caso isso não ocorra é configurada infração de trânsito.

O CTB determina também que os procedimentos e itens de segurança para o condutor de motocicleta e o de ciclomotor são os mesmos. Um exemplo é a obrigatoriedade do uso de capacete com viseira ou óculos de proteção.

Ciclomotor

O ciclomotor é o veículo de duas ou três rodas, cuja cilindrada não ultrapasse 50cc e a velocidade máxima não ultrapasse os 50km/h, independentemente da existência ou não de pedais auxiliares.

Zico 10: Governo incentiva esporte como escudo à violência e às drogas

0

O Governo do Estado trabalha na definição de novas políticas de combate à violência e ao uso de drogas. Através da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer – SEEL, a administração estadual estuda implantar no Rio Grande do Norte o projeto Zico 10, que atende crianças e adolescentes na faixa etária de 9 a 15 anos em escolas de futebol.

Com esta finalidade, o governador Robinson Faria recebeu nesta quarta-feira, 08, o ex-jogador de futebol Arthur Nunes Coimbra, o Zico. O projeto Zico 10 já existe em 21 estados e atende crianças e adolescentes sob a condição de estarem regularmente matriculados, freqüentando a escola pública.

Robinson Faria disse que o objetivo do Governo é levar o projeto para todo o Estado, principalmente aos bairros e áreas onde os índices de violência apresentam maior incidência. “Este projeto estimula as criança à prática do futebol e associa isso à obrigatoriedade de matrícula, freqüência e bom resultado na escola. Com isso queremos estimular a cidadania, combater a violência e afastar nossa juventude das drogas”, ressaltou o governador, acrescentando que a atual administração desenvolve políticas públicas integradas. “E o esporte é um escudo à violência e à marginalidade. Queremos trabalhar o esporte como vetor e protetor para a nossa juventude”, enfatizou.

Na audiência com Zico, na sede da Governadoria, o ex-jogador do Flamengo e da Seleção Brasileira de Futebol presenteou o governador com uma a camisa oficial do clube carioca. A camisa autografada tem o número 9, que foi o número utilizado por Zico durante os primeiros seis meses como profissional.

Desordem no comércio de rua de Parnamirim volta a ser discutida na Câmara

0

A desordem e desorganização existentes no comércio de rua no Centro de Parnamirim voltou à pauta de discussão na Câmara Municipal. Na sessão de ontem (31), o vereador Gustavo Negócio (PSDC) usou a tribuna da Casa para falar sobre o assunto e o líder do Governo, vereador Rosano Taveira (PRB), informou que o Poder Executivo está em busca de soluções para o problema.

Segundo Gustavo Negócio, devido à ocupação desorganizada do espaço público, o trânsito de pedestres nas ruas do Centro da cidade está prejudicado. “Por causa dos camelôs, o Centro está totalmente sem condições das pessoas caminharem”, contou. “A situação é mais preocupante em frente a alguns bancos”, completou.

Em aparte, a vereadora Kátia Pires (DEM) informou que, recentemente, participou de uma reunião na secretaria Municipal de Meio Ambiente e do Desenvolvimento Urbano (Semur) e o assunto entrou em debate. A vereadora sugeriu que a Câmara realize uma série de reuniões para discutir o tema. “Eu sugeri ao secretário que ele se reúna conosco para apresentar as ideias e soluções. Posteriormente, podemos convocas as pessoas interessadas na questão para uma audiência pública”, explicou.

O líder do Governo na Câmara, vereador Rosano Taveira, avisou que, na última segunda-feira (30), havia conversado com o prefeito Maurício Marques sobre a problemática. O vereador anunciou que algumas medidas já estão sendo tomadas pela administração municipal. “O prefeito está em busca de um terreno para poder construir um camelódromo ou shopping popular. Alguns locais foram detectados, mas os valores estavam muito altos”, disse.

Taveira disse ainda que a Prefeitura já fez um cadastro dos comerciantes ambulantes da cidade. Inicialmente, segundo ele, a Semur teria cadastrado 110 comerciantes. “Porém, com o vazamento da notícia de que a Prefeitura poderia construir um camelódromo, surgiram mais 38 camelôs e, hoje, já são 148 comerciantes cadastrados”, explicou o vereador.

Ainda segundo o líder do Governo, a ideia da administração municipal é construir um grande ponto comercial onde os ambulantes estarão isentos de pagamento de aluguel. “Eles serão responsáveis pela água e energia”, disse.

Audiência pública sobre segurança será realizada dia 15 de abril

0

A Câmara Municipal de Parnamirim agendou a data para realizar a audiência pública que vai discutir os problemas relacionados à segurança no município. O requerimento é de autoria do vereador Gustavo Negócio (PSDC) e o debate será realizado no próximo dia 15, a partir das 10h. Está confirmada a participação da titular da secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Kalina Leite.

Segundo o vereador autor da proposta, a Câmara de Parnamirim já realizou uma audiência pública sobre o tema no ano passado. No entanto, para Gustavo, é necessário discutir o assunto novamente. “Estamos em um outro ano, com um novo governo estadual. É hora de voltar à discussão pois o governador Robinson Faria já disse que segurança pública é sua bandeira principal. Está na hora de cobrarmos ações”, contou durante defesa do requerimento.

Além de Kalina Leite, outras autoridades ligadas ao assunto devem marcar presença, entre elas, o comandante do Batalhão da Polícia Militar em Parnamirim, coronel Jair Júnior.

O vereador Clênio Santos (PV) parabenizou Gustavo pela iniciativa e informou que está colhendo assinaturas de moradores de alguns bairros como Monte Castelo e Bela Parnamirim para entregar ao Comando da Polícia Militar. O manifesto é para solicitar a criação de uma Companhia de Polícia nas imediações dos bairros. “Na audiência pública, vou entregar esse manifesto. A população não aguenta mais tanta violência”, disse.

Teorias da conspiração bizarras sobre o Sistema Solar

0

Os ingredientes para formar uma boa teoria da consipiração não apenas são bastante banais, como também é incrivelmente comum que se encontrem em um mesmo indivíduo — que frequentemente vira um grupo de indivíduos mais rápido do que alguém berraria “Elvis não morreu!”. Afinal, basta ter uma dose razoável de desinformação, alguma mania de perseguição e um intelecto facilmente excitável.

Sendo os limites do Sistema Solar a primeira fronteira apenas imaginada pelos mortais, é natural que boa parte desses teóricos concentrem seus esforços em oferecer resposta a questões de inadiável urgência: há realmente homenzinhos verdes em algum planeta vizinho? O homem realmente pisou na superfície da Lua em 1969? Será mesmo que a Terra gira em torno do Sol, e não o contrário?

É claro que questionar o papel dos governos e suas forças secretas na atual exploração e utilização do Sistema Solar acabou se tornando algo ordinário ao longo dos anos (ou será que o Mega Curioso, na verdade, está mancumunado com a União Europeia e com o McDonalds para dispersar o trabalho árduo dos teoristas?). Entretanto, mesmo nesses temas batidos a criatividade humana ainda consegue imaginar conspirações de derrubar o queixo.

Duvida? Então confira abaixo. Nas 10 teorias da conspiração mais bizarras sobre o Sistema Solar listadas pelo site ListVerse, há de um tudo — das viagens no tempo de Barack Obama ao temido Projeto Lúcifer e daí até as teorias de aproximação planetária de Immanuel Velikovsky. Só tente não escorregar em nenhuma delas.

Mudanças climáticas interplanetárias

É verdade que o aquecimento global ainda divide teóricos pelo globo. Em diversos pontos do espectro, cientistas, políticos e ativistas ainda tentam (acredita-se) chegar a um consenso sobre o porquê das alterações climáticas na Terra — o que tanto é defendido como algo natural como quanto um fruto direto da ação do homem sobre o planeta, incluindo ainda um grupo que nega, seja como for, que tal aquecimento realmente ocorra.

Mas há ainda um terceiro apanhado de teoristas. Segundo estes, sim, há alterações climáticas mensuráveis ocorrendo, mas isso não vale apenas para a Terra. Proponentes dessa teoria afirmam que alterações semelhantes podem ser observadas em diversos planetas do nosso sistema, incluindo Marte, Júpiter e também o distante (e controverso) Plutão. O porquê desse aquecimento sistêmico, entretanto… Aí já é assunto para uma outra teoria.

O homem chegou á Lua… Mas a filmagem é falsa!

A maior parte das teorias da conspiração associadas à primeira chegada do homem à Lua, em 1969, normalmente tem seu foco em provar que, afinal, ninguém chegou a pisar lá coisa alguma; tudo foi uma grande farsa concebida pelo alto escalão político dos EUA e executado em algum estúdio de Hollywood. E aí que normalmente se questiona a iluminação da filmagem, os movimentos da bandeira estadunidense, as pegadas deixadas sobre o satélite etc.

Mas há um grupo que diz que, sim, Neil Armstrong, Edwin “Buzz” Aldrin e Michael Collins de fato fizeram aquela famosa viagem — apenas a filmagem seria falsa. Os defensores dessa curiosa teoria da conspiração afirmam que o governo estadunidense teria optado por uma gravação mais profissional da aterrissagem, executada em estúdio, a fim de intensificar a propaganda em torno do feito.

E há também quem diga que a filmagem original foi destruída por conta da natureza do que os astronautas encontraram ao chegar — alienígenas, normalmente, embora um enorme monólito negro também pareça válido. Isso teria tornado necessária uma filmagem destituída de “seja-lá-o-que-for”… Algo que pudesse passar na TV e tal.

Por que o Hubble não tira fotos da Lua?

Aproveitando o tema da teoria conspiratória anterior, aí vai mais uma que ganhou fôlego nos últimos anos. Eis o raciocínio: há quase meio século aparecem pessoas questionando a chegada da Apollo 11 à Lua; por que a NASA simplesmente não bate umas fotos da superfície lunar utilizando o telescópio Hubble, a fim de mostrar os sinais deixados no local por Neil Armstrong e Cia. e dar fim às especulações de uma vez por todas? Se a agência espacial americana não o faz, certamente é porque esconde algo, certo?

Ok, essa até tem alguma elegância, mas há um pequeno inconveniente: o Hubble não seria particularmente útil para essa tarefa de turista asiático honorário. Conforme explicou o astrônomo Phil Plait em seu blog pessoal, o poderoso telescópio da NASA foi projetado para capturar imagens muito mais distantes, tendo sua resolução de acordo com esse propósito.

Caso fotografasse o ponto de aterrissagem do módulo espacial — ou até mesmo algo do tamanho de um campo de futebol —, o resultado provavelmente seria apenas um ponto indistinguível de outros ao redor. Além disso, ele também acrescente que, mesmo se fosse possível, isso não pararia os teóricos da conspiração, já que os dados teriam sido fornecidos pelo próprio governo. Pois é, é difícil escapar dessa.

30 ditados e expressões populares antigos e sábios

0

1 – Amigos, amigos, negócios à parte

2 – Um olho no peixe, outro no gato

3 – Deus tem mais para dar do que o diabo para tirar

4 – O seguro morreu de velho

5 – O preguiçoso trabalha dobrado

6 – Quem não quer ser lobo não lhe vista a pele

7 – Em terra de cego quem tem um olho é rei

8 – Um dia da caça, outro do caçador

9 – Não adianta chorar o leite derramado

10 – Águas passadas não movem moinho

11 – O pior cego é aquele que não quer ver

12 – Apressado come cru

13 – Plantar verde para colher maduro

14 – Quem ri por último ri melhor

15 – Filhos criados, trabalho dobrado

16 – À noite, todos os gatos são pardos

17 – Depois da batalha aparecem os valentes

18 – Não adianta lamentar a morte da bezerra

19 – Deus ajuda quem cedo madruga

20 – Em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher

21 – Quem bate esquece; quem apanha, não

22 – A esperança é a última que morre

23 – De boas intenções o inferno está cheio

24 – Em casa de ferreiro o espeto é de pau

25 – Quando um não quer, dois não brigam

26 – Os últimos serão os primeiros

27 – Se ferradura trouxesse sorte, burro não puxava carroça

28 – Manda quem pode, obedece quem tem juízo

29 – Pau que nasce torto nunca se indireita

30 – O homem é senhor do que pensa e escravo do que fala

FONTE(S) Equipe Mega Curioso

Menores responsáveis por assaltos são apreendidos em Parnamirim

0

As Rondas Ostensivas com o Apoio de Motocicletas (ROCAM) da Polícia Militar (PM) apreenderam na noite desta segunda-feira (6), em Parnamirim, dois menores armados com um revólver calibre 38 com três cartuchos deflagrados e mais três intactos.

A dupla é composta por um adolescente de 15 e outro de 16 anos, que são responsáveis por diversos assaltos em Parnamirim.

Além da arma, foi apreendida uma motocicleta que era usada pela dupla para locomoção durante os assaltos que eram efetuados na região Metropolitana de Natal. Ambos foram conduzidos a Delegacia de Plantão da Zona Sul (DPZS).