Especialista nacional debaterá Programa Ronda Cidadã em Parnamirim

Uma palestra esclarecedora sobre o Projeto Ronda Cidadä em Parnamirim será realizada no próximo dia 20 às 15h no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (Avenida Tenente Medeiros, 105, Centro) com o ex-secretário Nacional de Segurança Pública, Ricardo Brisolla Balestreri, considerado um dos grandes especialistas brasileiros da área.
O Ronda Cidadã é um programa de ação preventiva, que integra o trabalho da Polícia Militar, Polícia Civil e a comunidade, lançado pelo Governo do Estado em 22 de julho e que será implantado em Parnamirim em breve.

A palestra, aberta à comunidade, é o primeiro passo dado pela Secretaria de Segurança do Estado (Sesed), Prefeitura de Parnamirim e 3º Batalhão de Policia Militar para aproximar e informar a população sobre o programa que irá garantir segurança e a acesso aos demais serviços públicos como saúde, educação, cultura e cidadania.

“A participação de Ricardo Balestreri será esclarecedora para mostrar a importância e os detalhes e esclarecer dúvidas sobre o programa”, adianta o coronel Jair Júnior, comandante do Batalhão de Parnamirim.

O oficial destaca a participação da Prefeitura de Parnamirim na implantação do Ronda Cidadã: “A escolha do local dessa palestra demonstra a importância da Prefeitura  no tocante à segurança pública do município. Ela tem sido um grande parceiro em nossa luta para levar melhorias à população”, acrescenta.

Programa

Dentro do programa, o Pelotão de Policiamento Proativo atuará no trabalho de acolhimento e inclusão social, em apoio nos níveis Escolar, Visitas Comunitárias, Apoio às Vítimas de Violência, Base Móvel e do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd).

No Ronda Cidadã de Visitas Comunitárias, os policiais farão visitas técnicas à residências, estabelecimentos comerciais, instituições, a fim de elaborar pequenos diagnósticos que irão subsidiar o trabalho reativo, bem como das demais secretarias envolvidas no programa.Todas as viaturas terá um número de telefone visível para que a população possa ligar diretamente e comunicar a ocorrência.

A expectativa é que haja uma redução no tempo de resposta da ocorrência e que a Polícia Militar atue diretamente na causa do problema de insegurança.

Câmara
Compartilhar

Deixe uma resposta