Quer uma mente equilibrada? Conheça o alinhamento energético

0
1
Girl in white is dreaming about something.

Você não tem tempo para ler? Saiba que 30 minutinhos de leitura por dia podem ser essenciais para seu crescimento pessoal e sua saúde.

""

Sabe aquele dia em que você não consegue seguir sua rotina de exercícios físicos? Pois bem. Tente analisar exatamente o que te impediu. Falta de tempo? Chuva? Sol? Cansaço? Preguiça? Esquecimento? Sem motivação? São várias as desculpas que usamos. Algumas aceitáveis. Mas muitas criadas por nós mesmos num ato de autossabotagem, sem que a gente perceba. Acredito que, com uma mente forte, somos capazes de conquistar e também acabar com qualquer que seja o nosso objetivo.

Por isso, é muito importante cuidarmos bem da mente, alimentando nossos pensamentos com as ideias certas e com a energia positiva. Nossa saúde mental tem um peso enorme no nossa motivação para a vida. Já parou para pensar que podemos e somos influenciados por pensamentos que carregamos por anos e anos dentro da gente, de forma positiva e negativa?

Esses dias conheci uma terapia que tem muito a ver com esse assunto, chamada “alinhamento energético”.

Como o nome já diz, busca alinhar o pensamento com a emoção. O objetivo é pesquisar, entender e conscientizar as experiências passadas que, de alguma forma, atrapalham a alcançar nosso melhor potencial. E isso inclui nosso potencial físico!

Um dos diferenciais do alinhamento energético, quando comparado a outras terapias, é a frequência. Caso o cliente queira manter uma regularidade nas consultas, ele irá ao consultório apenas uma vez a cada três meses. Esse espaço entre as consultas acontecem por conta da profundidade que ela alcança em uma única sessão. São quatro encontros por ano. Porém, em uma consulta muitos aspectos já serão considerados.

O objetivo desse intervalo de três meses é que o paciente tenha tempo para buscar a adaptação a um novo padrão que foi conscientizado no encontro, explica Tatiana Auler, terapeuta que segue essa linha há 10 anos. “Ao longo da consulta, passamos por vários aspectos da vida do cliente, buscando um foco a ser trabalhado e identificando o núcleo da questão. O terapeuta capta as crenças que faz a pessoa desacreditar que é capaz de conseguir alcançar os seus objetivos.”

Conclusão
Baseada nos grandes xamãs e na física quântica, a base da terapia é que o paciente descubra que existem forças além da nossa mente, que podem nos influenciar. “Buscamos a energia que está presente em todos os lugares onde a nossa intuição pode captar”, ressalva Tatiana. Ela acredita que existam algumas formas de estimular a nossa motivação diária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui