Gildásio: “Mantenho minha candidatura a prefeito de Parnamirim”

0
1
O presidente do PSDB, vereador Gildásio Figueiredo disse que a pesquisa na qual aparece com 2,4% na estimulada e 0,2% na espontânea, não o desestimula a sucessão do prefeito Maurício Marques: “Só não sou candidato a prefeito se não tiver partido e eu tenho”, disse. Sobre a pesquisa Consult o pré-candidato afirmou que não desqualifica a pesquisa, mas que é muito cedo. “Faltam oito meses para as eleições e tudo pode ser diferente até lá”, afirmou.
O tucano avalia que errou na eleição passada, quando chegou a colocar seu nome e depois passou a apoiar Gilson Moura para prefeito. “Achei que deveria ser candidato, mas apostamos na liderança fugaz de Gilson Moura, mas agora o momento me favorece e eu me preparei para a disputa”, disse.
O vereador enfatizou que fará uma oposição “de cabo a rabo”. “Vou para as ruas disputar o mandato de prefeito pela oposição. Sou oposição a Maurício Marques, a Robinson e a Dilma. Se a população de Parnamirim tiver esse sentimento de oposição, optará pelo meu nome. Essa é a minha aposta”, colocou.
Para o parlamentar , sua contribuição para o legislativo se esgotou depois deste mandato. “Muito me honra ser vereador, mas já tenho seis mandatos e não disputarei mais, me candidato neste ano a prefeito”, disse.
Sobre a união da oposição o vereador acha difícil. “Todas as reuniões tenho convidado os pré-candidatos, mas se mais de um mantém sua posição para disputar o mesmo cargo, chega o momento que cada um vai cuidar da sua pré-candidatura”, argumentou.
Indagado se a divisão da oposição não favorece o pré-candidato da situação, no caso Naur Ferreira, Gildásio argumentou que não. “Naur não é um candidato simpático , se a população quer votar na oposição, elegerá um  candidato oposicionista”, colocou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui