Prefeitura inaugura 10 leitos de UTI para pacientes com Covid-19

“Estamos fechando um ciclo”. Foi com essa frase que o Prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, entregou na manhã de hoje (6), os primeiros 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis para a população do município. O espaço foi inaugurado no Hospital Maternidade Divino Amor e será de uso exclusivo de pacientes que contraíram a COVID-19. A equipe, que conta com 62 novos profissionais, já está pronta para a chegada dos pacientes no período da tarde. 

O espaço será utilizado para os pacientes regulados, ou seja, aqueles que já estão internados no Hospital Márcio Marinho, Hospital de Campanha ou na UPA de Nova Esperança e apresentaram necessidade de transferência em razão de algum agravamento no quadro de saúde. Os novos leitos foram equipados com aparelhagem nova e moderna. Todos possuem respiradores, cardioversores, hemodiálise, monitores cardíacos e bombas de infusão, além dos básicos. 

Durante a cerimônia de entrega, a Secretária de Saúde, Terezinha Rêgo, frisou que Parnamirim tem passado por essa crise com muito compromisso e responsabilidade, apesar dos grandes desafios. De acordo com o último boletim epidemiológico, o município registrou 84 mortes e 744 pessoas curadas, números que mostram que a gestão tem priorizado a vida. 

O Prefeito enfatizou que os resultados se somam às diversas ações, tanto de conscientização como de investimento na área. Disse, ainda, que não medirá esforços para conseguir o apoio do governo federal para o município e afirmou que a estrutura da UTI, orçada em R$ 1,80 milhão está pronta e não deixa a desejar para nenhum hospital privado. 

A UTI recebeu o nome do médico Solon Pereira Lopes Ferreira, paraibano de 61 anos que faleceu de COVID-19 em 06 de maio. Solon era formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e conhecido por seus colegas como o médico do povo. Na oportunidade da inauguração, foi feita uma breve homenagem ao médico, referência tanto em Natal como em Parnamirim. 

Taveira fez questão de parabenizar toda a equipe de saúde do município e frisou que este avanço seria impossível sem o comprometimento destes profissionais. O prefeito relembrou de todo e empenho e esforço dedicados à ampliação de toda a rede de saúde, desde o início da pandemia, para que Parnamirim pudesse atender e cuidar de seus moradores, a exemplo da UPA de Nova Esperança, que aumentou sua capacidade de 18 para 26 leitos, a abertura do Hospital de Campanha com 44 leitos e a ampliação da estrutura do Centro de Atendimento Suzete Cavalcanti.  

Vale ressaltar que a estrutura tem mais espaço e está sendo preparada para funcionar com 20 leitos.  

Comentários

Compartilhar