Após baque, América se recupera e vence o ABC por 1 a 0 pela abertura da Série C

Canindé Pereira / América F. C.
Canindé Pereira / América F. C.

Depois da derrota por goleada ocorrida na final do Campeonato Estadual, o América provou que se recuperou bem dos acontecimentos e venceu o ABC na noite deste domingo (22), na Arena das Dunas, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

O placar de 1 a 0, com gol do zagueiro Gustavo, foi suficiente para garantir o primeiro triunfo dos alvirrubros em clássicos nesta temporada, além de ter feito o time iniciar o Brasileirão com o pé direito.

Na próxima rodada da competição, o América vai encarar o River do Piauí, no Estádio Lacerdão, em Teresina/PI. Já o time do ABC vai jogar contra o Salgueiro/PE, no Estádio Frasqueirão, em Natal. O jogo do América será no dia 28/05, às 20h00. O do ABC, por sua vez, no dia 29/05, às 16h00.

O jogo

Embalados pelas duas decisões do Campeonato Estadual realizadas no início deste mês, América e ABC iniciaram o primeiro tempo do duelo deste domingo com muita gana de vitória. O panorama ficou melhor para o time americano depois que, logo aos dez minutos de jogo, o zagueiro Gustavo Bastos fez falta perigosa na entrada da área em Thiago Potiguar e, como era o último homem, levou cartão vermelho direto, indo para o chuveiro mais cedo.

A expulsão forçou o técnico abecedista, Geninho, a realizar uma modificação na sua equipe antes dos quinze minutos iniciais. Sem alternativas, acabou sacando o meia Erivelton e promovendo a entrada do volante Anderson Pedra. A substituição fez Márcio Passos ser recuado para a zaga, formando dupla ao lado de Léo Fortunato. Mesmo depois da expulsão, os ânimos do jogo permaneceram exaltados. Muitas faltas foram cometidas de ambos os lados, dificultando o prosseguimento da partida.

Apesar de estar com um a menos, o time do ABC soube se retrair bem e permaneceu bem postado na defesa e insistindo em jogadas de velocidade no ataque com Jones Carioca. E foi com ele que houve a melhor chance alvinegra na etapa inicial. Após tabelar com Nando, o camisa 11 fintou a marcação alvirrubra e ficou cara-a-cara com Daniel, mas acabou chutando em cima do arqueiro adversário.

O América, com um a mais, tentou muitas jogadas pelo meio-campo e devido a isso teve suas investidas limitadas nos 45 minutos iniciais. Porém, em uma bola parada, conseguiu chegar ao gol. Após cobrança de escanteio do lado direito, o zagueiro Gustavo apareceu na pequena área, deu um leve desvio na bola e matou o goleiro Vaná, garantindo a festa dos torcedores americanos ao intervalo do jogo. O lance foi o último do primeiro tempo.

Na etapa final, o América voltou mais atento e perigoso. Os dez minutos iniciais foram de intensa pressão do time Alvirrubro, que tentou duas vezes em cruzamentos da direita com Gustavo tentando achar os atacantes. A chance mais perigosa, no entanto, foi aos nove minutos, quando Raphael Toledo chutou forte de fora da área e obrigou Vaná a fazer uma grande defesa. O ABC só começou a se organizar em campo a partir dos 10 minutos, e tentou pela primeira vez com Nando, de cabeça, aos 13 minutos, mas sem tanto perigo.

Aos 22 minutos, houve a melhor chance alvinegra na partida até então. Lúcio Flávio recebeu bom passe, ficou na cara do goleiro Daniel, deixou o arqueiro americano no chão, mas quando finalizou a zaga alvirrubra apareceu para salvar e evitar o tento do adversário. Nove minutos depois, foi a vez de Jones Carioca desperdiçar. Sozinho na pequena área, ele desviou a bola depois de um cruzamento e viu a redonda passar raspando a trave esquerda de Daniel.

Insistente, o ABC continuou no ataque. Aos 32 minutos, Filipi Souza fez belo cruzamento e achou Nando na grande área. O artilheiro cabeceou firme, forçando Daniel a fazer uma bela defesa. Aos 35, foi a vez de Anderson Pedra tentar. O camisa 18 arriscou chute de longa distância. Daniel, sempre ele, fez outra boa interceptação. Depois disso, o jogo voltou a ficar morno, e a partida, apesar da pressão alvinegra, terminou com vitória americana. Foi a primeira do time Alvirrubro sobre o seu rival na temporada de 2016. O resultado fez a equipe largar com o pé direito na Série C do Brasileirão.

Foto: Canindé Pereira / América F. C.

Câmara
Compartilhar

Deixe uma resposta