ABC toma empate nos acréscimos e segue sem vencer em casa na Série B

Ainda não foi desta vez. O ABC empatou com o Criciúma-SC fazendo com que seu jejum de vitórias como mandante na Série B, que já dura 11 jogos, permaneça. O resultado de 2 a 2 da 21ª rodada do Brasileiro ainda deixa o a equipe potiguar há dez rodadas sem triunfar na competição nacional.

Os dois tentos do triunfo abecedista foram marcados pelo atacante Rafinha, que fez os seus primeiros gols com a camisa da Frasqueira. O Criciúma precisou de quatro minutos para empatar o jogo nos acréscimos com Natan e Tiago Adan.

O empate só fez bem ao time catarinense que conseguiu subir uma posição na tabela da Segundona. O Tigre agora é o nono colocado com 29 pontos. Já o ABC permaneceu onde estava na incômoda 18ª posição com apenas 19 pontos.

Potiguares e catarinenses só voltam a campo na próxima terça-feira (1). O Alvinegro jogará fora de casa, no Mato Grosso, contra a Luverdense. Já o Criciúma receberá o Náutico-PE no Heriberto Hülse.

Primeiro tempo do ABC

Soberano no primeiro tempo, o ABC buscou se impor ao adversário em busca do seu primeiro gol. Aos 10 minutos a primeira chance de abrir o placar veio após boa jogada de Wellington Bruno pela direita. O meia alvinegro driblou a marcação e bateu para o gol exigindo a intervenção do goleiro Luiz.

Na tentativa de ser mais um visitante malvado para o Mais Querido, o Criciúma assustou aos 27 minutos. O atacante Jefferson roubou a bola no meio de campo e bateu direto para uma boa defesa de Gilvan, que mandou para escanteio.

O triunfo abecedista aconteceu aos 30 minutos e de forma exuberante. Rafinha trouxe a bola da esquerda para o meio driblando dois marcadores e batendo entre mais dois defensores do Tigre. Chute indefensável. Placar aberto em bela feitura pelo atacante.

Etapa final e crucial para o Mais Querido

O segundo tempo dava amostras de que o ABC estava perto de fazer as pazes com sua torcida. Logo aos 12 minutos, Rafinha fez o seu segundo gol ampliando a vantagem alvinegra. O jogador bateu de fora da área, a bola bateu na trave e entrou.

Quando tudo parecia está bem para a equipe potiguar, o Criciúma começou a crescer no jogo. Aos 17 minutos, o volante Marcão cobrou falta que o arqueiro alvinegro, Gilvan, meteu para esquinado. Aos 30, a bola chutada pelo atacante Neto Baiano entrou, mas o lance foi invalidado.

Como água mole em pedra dura, o time catarinense foi batendo e furou a defesa do Elefante aos 42 minutos. Quando Após cobrança de escanteio, o atacante Tiago Adan subiu sozinho para diminuir o placar.

O pior ainda estava por vim. Quatro minutos depois, após lançamento na área do ABC, o meia Natan acertou o rebote e deixou tudo igual.

Um empate com sabor de vitória para o Criciúma e com gosto amargo para o ABC, que, inexplicavelmente, não consegue vencer no Frasqueirão nesta Série B.

Câmara
Compartilhar

Deixe uma resposta