Taveira é aplaudido ao pagar 1/6 do 13º salário aos professores

O professor do século XXI é um artista, um cientista ou um técnico? Esta foi uma das reflexões trazidas pelo palestrante Renato Casagrande na abertura da Semana Pedagógica 2017, que reuniu aproximadamente 800 pessoas na noite desta segunda-feira (20), no auditório da Igreja Batista Vida Nova. Aproveitando o tema do evento, “Ser professor no século XXI: Desafios e Perspectivas”, o doutorando em Educação traçou uma linha histórica entre gerações para falar da crise dos valores na pós-modernidade e o modo como ela afetou o próprio processo educacional: “É preciso vencer a desigualdade tecnológica, promover inclusão digital e defender uma escola da afetividade, refletindo sobre nossas motivações” – defendeu Casagrande.

Presidindo a mesa de autoridades,o Prefeito Rosano Taveira lembrou em mais uma oportunidade, que a Educação será prioridade na sua gestão. E garantiu o pagamento de 1/6 de férias de 2016 aos professores, além do adiantamento do salário de fevereiro, até a próxima sexta-feira (24): “Meu governo fará o que for possível pelos professores e para que as escolas sejam tratadas igualmente”- enfatizou.

Reforçando o convite para que os professores continuem a participar da programação da Jornada, que prossegue até sexta-feira (24), a Secretária Municipal de Educação, Francisca Henrique, disse que, ao iniciar o ano letivo, está concentrando esforços para efetuar melhorias na Educação junto às escolas, alunos e comunidade: “Temos o dever de conferir maior dignidade aos docentes e resgatar o IDEB” – disse, reforçando a gratidão ao compromisso dos educadores do município.

Agora, voltemos ao palestrante, para responder a pergunta que abre esta matéria. Casagrande defendeu que o Professor no Século XXI é, sim, um artista, um cientista, um técnico e muito mais: “Essa é a hora e a vez do professor. A hora de transformar a realidade pela Educação” – disse, ao defender que o professor deve sempre ter a consciência da importância de sua missão e o amor à profissão. Para ele, naturalmente, isso levará a um grau maior de comprometimento e envolvimento com as causas relacionadas à área.

E para encerrar, falamos da programação cultural que abriu o evento, com a participação do músico Marco Rodrigues, a singularidade da Banda Filarmônica de Pium e o incontestável talento na apresentação do cordelista Antonio Francisco, membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel. Agora, os congressistas estão na expectativa por mais uma palestra com Renato Casagrande, no auditório da Escola Municipal Augusto Severo, onde a programação recomeçará às 07h30 desta terça-feira (21), trazendo outras novidades para todas as áreas da Educação.

Comentários

Compartilhar