Justiça pede cassação do mandato do vereador Paulo Miranda

O tribunal eleitoral do Rio grande do norte (TRE/RN) decidiu pela cassasão do mandato do vereador Paulo Estevam de MIranda Borges, da cidade de Parnamirim.

Segundo o TRE, por unanimidade dos votos, o juíz Wladimir Capistrano, em consonia com a Procuradoria Reginonal Eleitoral, pediu que o diploma do vereador fosse cassado e que o ele fiquei inelegivel por oito anos a contar das eleiçoes 2016. A defesa ainda não se posicionou se recorrerá da decisão novamente.

Na sessão desta segunda-feira (9) o vereador não compareceu. O presidente interino da Câmara, Abidene Salustiano, disse que ainda não foi notificado.

 

Comentários

Compartilhar