Fazenda Modelo recebe visita do grande público na Festa do Boi

Neste segundo dia da 54ª edição da Festa do Boi, a Fazenda Modelo do Governo do Estado recebeu uma quantidade expressiva de visitantes. Crianças, jovens e adultos vieram ao espaço conhecer as principais ações governamentais desenvolvidas no interior do Rio Grande do Norte.
Através da Fazenda Modelo, a Emater-RN busca reproduzir com fidelidade o ambiente rural, com o objetivo de informar ao grande público sobre as políticas públicas que executa e as atividades de assistência técnica e extensão rural (Ater) que oferece aos pequenos e médios produtores rurais das dez regiões do Estado.
Uma  das novidades deste ano, que atraiu atenção expressiva do grande público neste domingo, foi o sistema de aquaponia, demonstrado por técnicos da Emater-RN em parceria com a UFRN.
Trata-se de um sistema que une a hidroponia – cultivo de hortaliças sem uso de solo – e aquicultura – cultivo de peixes e organismos aquáticos. O diferencial desta inovação é que um sistema alimenta o outro, através da reutilização da água. Isso é possível, segundo o zootecnista da Emater-RN, Edson Zumba, por meio de um método de bombeamento simples, como por exemplo uma bomba de aquários.
De forma simplificada, os excrementos eliminados pelos peixes, ricos em matéria orgânica, servem de adubo para as plantas. Estas, servem de filtro para a água retomar ao tanque de peixes.
A aquaponia é uma tecnologia de baixo custo e pode ser implantada na agricultura familiar, aumentando a renda de famílias no meio rural, além de ser ambientalmente sustentável, pois requer uma quantidade pequena de água para funcionar, evitando desperdícios e sem gerar efluentes.
A Fazenda Modelo continua aberta à visitação durante a semana, recebendo a partir de amanhã (10/10) caravanas de agricultores familiares de várias regiões do estado. Além da aquaponia, os visitantes poderão conhecer tecnologias de cultivo e criação de animais, saber como funciona uma barragem subterrânea, uma casa de farinha, aprender sobre recuperação de matas ciliares, combate à erosão, apicultura, hortas agroecológicas. Também serão disponibilizadas informações sobre técnicas de plantio e haverá distribuição de mudas de espécies nativas.
Oficinas
A partir desta segunda-feira, pela manhã, a Emater-RN promoverá oficinas e seminários especializados às caravanas de agricultores. Os visitantes poderão, por exemplo, participar de oficinas de culinária voltadas à alimentação saudável, além de aprender mais sobre técnicas de segurança alimentar e cozinha experimental, tendo como bases frutas e legumes regionais, como jerimum, mandioca e caju.
Na oficina sobre Práticas Agrícolas, serão ensinadas noções gerais de técnicas de enxertia e estaquia em maracujá, caju e mandioca; além de repassadas informações sobre os cuidados para o uso racional de agrotóxicos.

Comentários

Compartilhar