Planetário segue aberto em dezembro com novidades

O Planetário Municipal, localizado no Parque Aluízio Alvez, na Cohabinal, continuará funcionando normalmente durante todo o mês de dezembro. A novidade é que recentemente, duas novas projeções para a cúpula do equipamento foram adquiridas pela Prefeitura, para deleite dos amantes do espaço sideral.

Uma dessas projeções, adquiridas do Observatório de Amparo (SP), propõe uma viagem pelas constelações e galáxias, contando um pouco da história da Astronomia. A Prefeitura investiu R$ 6 mil para sua aquisição.

A mais recente, cedida pelo Clube de Astronomia à técnica Vanessa Dantas, conta “A origem do sistema solar”, mostrando a formação de cada planeta desse sistema e seus principais satélites, inclusive a Terra e a Lua. Narra ainda, o choque de um asteróiode com a Terra na era dos dinossauros.

SESSÕES COM PÚBLICO RECORDE

Neste ano, o Planetário Municipal aumentou o número de sessões extras, realizando-as de acordo com a demanda da população. A expectativa é de que o ano deva fechar com um total de aproximadamente dez mil visitantes,

Atualmente, são realizadas quatro sessões diárias, de aproximadamente 30 minutos, para as escolas, de segunda à sexta-feira, nos seguintes horários: às 08h30 e às 10h00 e às 14h00 e 15h00.

Já para os cidadãos, são disponibilizadas as sessões públicas, uma por dia, na primeira sexta-feira de cada mês, às 15h15. O agendamento é feito no próprio planetário ou por telefone, por meio dos números 3643-3931 e 3645-2023. Cada sessão comporta 59 visitantes e mais um, cadeirante.

Para as escolas da rede pública municipal de ensino, as sessões são gratuitas. As escolas públicas de outros municípios e da rede estadual de ensino pagam uma taxa de R$ 100,00. Já as escolas privadas, sejam de Parnamirim ou de outro munícipio, ou ainda, da rede estadual, pagam uma taxa de R$ 200,00.

O preço da sessão pública para o cidadão é de R$ 4,00. Estudantes que não se encaixam nos critérios definidos anteriormente, pagam meia entrada, mediante apresentação de carteira estudantil.

O benefício do ingresso por meia entrada é estendido aos idosos com carteira de identificação e aos professores, com apresentação de contracheque. Para todos os militares, as sessões são gratuitas.

Comentários

Compartilhar