Desfile cívico em Parnamirim será no Parque Aristófanes Fernandes

Representantes das Secretarias de Educação, Assistência Social, Saúde e Fundação de Cultura participaram ontem, 31, de uma reunião no Gabinete para definir os últimos detalhes do desfile cívico em homenagem ao feriado da Independência do Brasil – 7 de setembro, que neste ano acontecerá em Parnamirim  no dia 5, no Parque Aristófanes Fernandes, a partir das 15 horas.

Deverão participar do desfile alunos de 18 escolas públicas e duas privadas, além de representações militares e de grupos da Assistência Social.  A concentração se dará no Parque Aristófanes Fernandes a partir das 13h30.

O tema a ser abordado no desfile será “Família, educação e cidadania: por uma escola humanizadora”. Estarão representadas no evento as seguintes escolas públicas da rede municipal de ensino: Íris de Almeida Matos, Irene Soares, José Fernandes, Francisca Fernandes, Osmundo Faria, Luiz Maranhão Filho, Augusto Nunes, Carlos Alberto, Luzanira Cruz, Nestor Lima, Cícero Melo, Antônio Basílio, Maria do Céu, Alzelina de Sena, Manoel de Paiva, Ivânia Soraia, Maria Leonor e Eva Lúcia.

A organização desse grande evento é compartilhada por equipes das Secretarias de Trânsito, Saúde, Educação, Assistência Social, Limpeza e Fundação de Cultura. A segurança do local será feita pelas equipes do Trânsito. A estrutura do evento será montada pela Secretaria de Limpeza e a Saúde enviará ambulâncias e médicos para os atendimentos de urgência, se houver necessidade.

Com foco na segurança dos participantes e do público, o prefeito Rosano Taveira firmou uma parceria com a Associação Norte-riograndense dos Criadores (ANORC) que cedeu o Parque Aristófanes Fernandes para a realização do desfile. A expectativa é de que 6 mil pessoas desfilem esse ano. “Em eventos de grande porte como esse é fundamental nos preocuparmos com a segurança das pessoas”, justificou o prefeito.

Para a secretária de Educação, Francisca Henrique “o desfile é uma ação de cidadania. Ele é importante para incentivar o amor pela pátria entre os alunos”.

Comentários

Compartilhar