Em Parnamirim, lava jatos terão que ter sistema de captação e armazenamento de água da chuva

A Prefeitura de Parnamirim regularizou o uso consciente da água em estabelecimentos de lavagem de veículos automotivos a jato, os  popularmente conhecidos “lava a jato”.

A regularização veio por meio da Lei Ordinária Nº. 1.816, de 15 de maio de 2017, publicada no Diário Oficial do Município de 16 de Maio de 2017. A nova lei dispõe sobre a construção obrigatória de sistemas de captação e armazenamento de água da chuva e reservatórios de reaproveitamento de água nestes estabelecimentos.  As dimensões, em cada caso, serão definidas pelo poder público municipal.

Para cumprir o que determina a nova lei, os estabelecimentos de lavagem de veículos a jato terão um prazo de 180 dias, determinado para que seja possível a adaptação às novas regras, sob pena da não renovação do Alvará de funcionamento.

Os novos estabelecimentos dessa natureza somente obterão o Alvará de funcionamento, mediante a comprovada instalação de reservatórios de reaproveitamento da água e captadores de água de chuva.

A nova lei entrou em vigor na data de sua publicação.

Comentários

Compartilhar